Cérebro

“O Cérebro?

A maior biblioteca do planeta cheinha de funcionários competentes, dispostos e disponíveis.

Aborde-os com desafios, bom humor, celebração, cobrança e reconhecimento que eles entram numa magnífica espiral virtuosa de produtividade, alegria, euforia, crescimento, autonomia, presteza e objetividade.

Aborde-os com lamúrias, mau humor, referências pessoais pejorativas, queixas em demasia, chororô, agressividade e eles empacam numa espiral viciosa de análises intermináveis, sofrimento, decepção, má vontade, tristeza, dependência e inanição.

Bom demais saber que nosso cérebro é bom demais, não é não?”

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *